Como o ambiente do escritório afeta a produtividade
O seu Local de Trabalho

Como o ambiente do escritório afeta a produtividade

Lee Penson, Diretor Executivo da Penson, uma empresa de arquitetura para espaços comerciais que tem clientes como Jay Z ou a Google, considera que “a vida é demasiado curta para passarmos o tempo em espaços monótonos e ineficientes”. Penson acredita que os ambientes do escritório são críticos para o sucesso dos negócios.

É uma questão de encontrar o equilíbrio perfeito entre proporcionar aos funcionários um ambiente onde possam dar o seu melhor e criar um espaço com o qual os clientes se sintam impressionados. A forma como trabalhamos muda diariamente. Com o aparecimento de novas tendências como o hot-desking , nunca foi tão importante que um escritório tenha capacidade de resposta a uma diversidade de necessidades, sem prejudicar conforto e qualidade.

Penson reforça a importância do ambiente do escritório, declarando: “Um mau ambiente prejudica a saúde, espírito de equipa, entusiasmo, paixão, motivação, ambição, longevidade, capacidade de sonhar, inovação e criatividade.

“Supervisionei remodelações de escritórios de grande escala e toda a personalidade do lugar, e a daqueles que nele trabalham, transforma-se como do dia para a noite, para melhor. São as pessoas que fazem as empresas e não o equipamento – é este o ponto principal. A forma como trabalha diz tudo acerca da sua empresa. Muita personalidade vai fazê-lo vender mais e, em última instância, são os resultados que contam”.

Segundo Penson, as etapas para conseguir o ambiente de escritório ideal começam por ter orgulho no mesmo. “Deixe o seu espaço expressar o seu caráter, personalidade e vibração. Seja quem for que o veja no seu espaço, deve ficar com uma excelente impressão. Mas não se trata apenas de um escritório com um logótipo numa parede colorida […] tenha a visão de o considerar como uma extensão das vossas personalidades”.

Uma mudança no ambiente do escritório pode realmente ter um efeito positivo na produtividade, de acordo com a experiência de Penson. “Já vi grupos de pessoas – o número pode atingir as 10 000 – mudarem ao fim de um mês após estarem num novo edifício. Trata-se de uma abordagem holística extremamente forte, uma clara mudança espiritual. Na minha opinião, pode fazer o sucesso de um negócio ou acabar com ele”.

Marc Lawn, consultor de negócios que ganhou a alcunha de “Médico das empresas” avisa para o facto de que, apesar de o ambiente do escritório ser um elemento fundamental, outros pontos não devem ser ignorados a favor de uma remodelação. “Pode estar equipado com tudo o que há de mais moderno, mas se o ambiente de trabalho não for construtivo, há um grande problema”, afirma.

“O ambiente tem um efeito significativo no resultado do trabalho, mas muitas vezes as pessoas esquecem-se de que o comportamento e a atitude dos funcionários é um dos principais fatores, e tem de ser acompanhado pela administração (e autocontrolado também), de forma a assegurar que o ambiente não se torne tóxico”.

Lawn explica a importância de falar e enfrentar os problemas, ou potenciais problemas, à medida que forem surgindo, a fim de manter um ambiente saudável no escritório: “Um dos meus clientes conseguiu uma transformação significativa ao ser capaz de corrigir o comportamento de uma pessoa que, sem o saber, contribuía para causar grandes problemas, devido à sua atitude despreocupada, uma vez que os colegas ficavam ressentidos e sentiam que não se preocupava com nada. Essa pessoa foi apanhada de surpresa, pois achava que a sua atitude despreocupada ajudava a melhorar o ambiente e não a piorá-lo.

“Encorajo todos a pensar que, de modo geral, ninguém quer prejudicar os outros de propósito, pelo que é só uma questão de falarem”.