Um tamanho não serve para todos - Gestão ao longo das gerações
Especiais

  Um tamanho não serve para todos - Gestão ao longo das gerações

Atualmente, um local de trabalho possui trabalhadores de diferentes gerações que vêem e vivem o mundo de forma diferente e única. Por este motivo, é certo que cada um tenha as suas necessidades individuais, e garantir que tais necessidades são tidas em conta pode ser uma tarefa difícil para a equipa de gestão.

 

Conduzindo estas diferenças de geração, ter uma compreensão dos seus valores para a empresa e a forma como trabalham é essencial para uma gestão eficaz. Para simplificar, nós juntamos aqui alguns conselhos de como manter a geração X, “Baby boomers” e Millennials a trabalhar arduamente, no local de trabalho, sem perder o ânimo. Para uma informação mais pormenorizada, apresentamos dados sobre o que os funcionários pensam destas gerações.

 

Características dos Baby boomers:

Nascidos entre os anos 40 e 60, após a Segunda Guerra Mundial, os baby boomers são a geração mais velha que poderá encontrar num local de trabalho. Esta foi a primeira geração a usufruir de uma era de paz e benefícios para o mercado trabalhador, que se iria prolongar para as futuras gerações.

 

Sendo a primeira geração em que os esforços dos trabalhadores eram reconhecidos pelos superiores, a geração baby boomers utilizava os seus objetivos como uma forma de se manterem motivados. Esta geração é extremamente focada em carreiras profissionais, com cerca de 80% das pessoas que participaram no questionário a confirmar que acreditam que a geração baby boomers tem uma presença executiva.

 

Baby boomers provaram que seriam capazes de fazer uma grande diferença, ao mostrarem-se como uma geração independente e auto-suficiente. Empresas recorrem a esta geração mais velha como exemplos a seguir para os mais novos.

 

 

As características da geração X:

Esta é a geração entre duas enormes secções demográficas, a geração baby boomers e a geração Millennials, tendo sido capaz de experienciar o melhor dos dois mundos. Nascidos entre os anos 60 e os anos 80, a geração X deu uma nova dimensão ao local do trabalho.

 

Voltando ao questionário mencionado anteriormente, 77% dos participantes acredita que esta geração teve tanto impacto como a geração baby boomers. Esses são vistos como trabalhadores colaborativos (70%), investidos numa boa relação com a equipa (72%) e uma das gerações mais produtivas no local de trabalho (70%). Esta pode ser a geração mais pequena, mas definitivamente tem uma grande influência nas empresas da atualidade.

 

Características dos Millennials:

Os Millenials são a geração mais jovem que encontra num local de trabalho, nascidos entre os anos 80 e 90. A geração millennials é de uma época de prosperidade financeira, e foram educados com grandes expectativas e ambições. No entanto, quando chegou a altura desta geração entrar no sector trabalhador, a economia mundial estava a recuperar de uma enorme quebra, o que tornou a procura de emprego uma tarefa difícil e demorada.

 

Um questionário realizado nos Estados Unidos da América mostrou que 68% dos questionados consideraram esta geração a mais entusiasta de todas as mencionadas anteriormente. 67% dos participantes afirmaram que este grupo se tornam melhores embaixadores das marcas, em comparação com as outras gerações.

 

Motivados pelo salário (60%), reconhecimento (29%) e um balanço entre a vida pessoal e o trabalho (29%), os Millennials não vivem só para os objetivos. Dois terços também afirmaram procurar oportunidades para aprender novas habilidades e técnicas de uma posição profissional específica. Outros 41% disseram que mudariam de emprego em troca de uma oferta profissional superior.

 

Esta geração parece manter sempre o olho aberto a novas oportunidades de emprego, logo é importante certificar-se que vai ao encontro das necessidades da geração Millennials. Mais de metade desta geração (54%) afirma estar na constante procura de novas ofertas de emprego, uma percentagem bem mais elevada que a Geração X e os Baby boomers.

Quem sao os Xennials?

Os Xennials são uma geração mais pequena, cuja categorização ainda é motivo de debate. Esta geração inclui os que nasceram entre 1977 e 1983, e são vistos como uma minoria que partilha características com ambas as gerações X e Millennials. Esta geração já teve a oportunidade de crescer com tecnologia, no entanto, não tinham idade para se lembrarem duma época independente da tecnologia. Ao contrário dos Millennials, esta geração não tinha acesso à internet. Se tem alguém na empresa que cai nesta faixa etária, é importante lembrar-se que esta geração cai sobre as técnicas de gestão dos da geração X e os Millennials, por este motivo, é importante adaptar a sua técnica.

Então, de que forma é que pode ir ao encontro das necessidades de todas estas diferentes gerações? Com um local de trabalho onde há uma grande diversidade de idades, uma abordagem demasiado geral não será eficaz, pois deixará espaço para conflito de gerações. Mostrar sensibilidade e consciência para com as diferenças de valores destas gerações é fulcral para a gestão desta mistura de demografias.

 

Se for possível, use um treino de diferenças geracionais. Isto irá ajudar a equipa a pôr de lado, todos os equívocos e a apreciar os valores que cada geração traz para o local de trabalho. Use o seu tempo de forma eficiente para comunicar quaisquer alterações na empresa, de forma a que todos possam perceber os motivos e benefícios destas mudanças. Incentive o trabalho entre funcionários de diferentes gerações para que todos possam partilhar as suas experiências e ideias entre os vários departamentos. Aproveite para passar a sabedoria e experiência para os trabalhadores mais jovens, recorrendo aos trabalhadores mais velhos como mentores. Isto irá permitir que os funcionários das gerações mais velhas possam sentir que as suas experiências são valorizadas, enquanto satisfazem a necessidade de feedback por parte dos Millennials. Em geral, ao incentivar o trabalho destas gerações, o mais beneficidado será a sua equipa. Ao desempenhar um cargo de chefia é importante que mantenha toda a equipa com boa disposição, apesar de, por vezes, ser uma tarefa difícil. E por aí pode imaginar o quão complicado pode ser, ir ao encontro destas mesmas necessidades com uma equipa de várias gerações. No entanto, com uma boa compreensão dos seus valores e ambições, e saber o que procuram nos seus superiores, pode adaptar a sua técnica, de forma a encontrar as necessidades desta equipa diversificada.