Diverse business team with laptop by white board with sticky notes in light workspace
Especiais

Liberte o poder do Design Thinking com notas Post-it® e outras ferramentas inesperadas

Hoje em dia, o trabalho tem tudo a ver com colaboração. Mas, tal como muitos gestores descobriram, não se pode apenas atirar um punhado de funcionários para uma sala de conferências e esperar magia. Como acontece com tudo nas empresas, a colaboração eficaz exige o processo e as ferramentas certas. É aqui que entra o Design Thinking.

Enquanto processo não-linear, iterativo e contínuo, o Design Thinking ajuda as equipas a compreenderem melhor os seus clientes, a definir o problema comercial e a criar soluções inovadoras em comparação com os métodos lineares que muitas empresas utilizam para resolver problemas.

O poder do Design Thinking

Cinco passos do Design Thinking: 1. Empatia para compreender as necessidades do utilizador, 2. Definir o problema, 3. Conceber possíveis soluções, 4. Fazer protótipos para as ideias mais promissoras, e 5. Testar protótipos com utilizadores para obter feedback.

Como uma forma muito mais divertida de abordar a resolução de problemas, o Design Thinking desfaz as barreiras de um processo linear tradicional. Como o investigador sobre divertimento, Dr. Stuart Brown afirma, “os adultos que não brincam são muitas vezes rígidos, sem sentido de humor, inflexíveis e resistentes a experimentar novas opções.” Nas empresas onde não se brinca acontece exatamente a mesma coisa.

A abordagem divertida do Design Thinking permite à sua equipa ser mais flexível e aberta a novas soluções, que podem ter sido rejeitadas anteriormente sem pensar. Não é de admirar que o Design Thinking possa ser encontrado em algumas das empresas mais divertidas e bem-sucedidas, incluindo a Apple, a Google, a PepsiCo e a Nike.

As ferramentas de escrita certas para o trabalho

Se o seu cérebro empresarial está a tentar perceber como pode adotar todo este pensamento não-linear em PowerPoint ou com uma folha de cálculo, pense novamente. As ferramentas de negócio com que trabalha normalmente são demasiado lineares e estáticas para utilizar de modo colaborativo. E essa é a razão pela qual ferramentas 3M são ferramentas necessárias para o Design Thinking: Post-it® Super Sticky Notes, Post-it® Super Sticky Meeting Charts, e Post-it® Super Sticky Dry Erase Film.

Os membros da equipa podem facilmente anotar ideias, colocá-las numa parede, e adicionar, retirar ou ligar ideias, conforme necessário. Qualquer ideia pode ser anotada por qualquer pessoa para todos verem, permitindo que não seja só uma pessoa a tirar notas. Além disso, também dá autonomia a todas as pessoas para partilhar, referir e desenvolver os pensamentos de todos durante a reunião, ao mesmo tempo que mantém a colaboração depois da reunião, fornecendo informação consistente que é partilhada para que todos possam ver e ler.

Pronto para testar o Design Thinking com a sua equipa? A sua próxima grande ideia está tão próxima como o armário de material de escritório. Saiba como os produtos Post-it® podem ajudá-lo a tirar o máximo partido de cada fase do processo de Design Thinking.

Empatia

Nesta fase, deseja obter uma compreensão pessoal do problema que está a resolver. Isto implica fazer pesquisa, conversar com especialistas e utilizadores, e recolher dados. Utilize os Post-it® Super Sticky Dry Erase Film para criar um quadro branco na parede que pode funcionar como um repositório central para elementos cruciais de informação a ser partilhados com a equipa.

Definir

Depois de terminar a pesquisa, chegou a hora de reunir tudo o que aprendeu para definir com precisão o problema que está a tentar resolver. Os cavaletes Super Sticky Self Stick Post-it® permitem-lhe agrupar os diferentes aspetos do problema por folhas. Ao fixar várias folhas em toda a divisão e ao atribuir assuntos, a equipa pode passar rapidamente de uma folha para outra, de forma a contribuir com opiniões pertinentes. Depois de definir o problema, anote-o na sua folha própria para pendurar na sala e ser utilizado como inspiração durante a fase de conceção.

Conceber

Depois de toda a análise com o lado esquerdo do cérebro, está na hora do lado direito do cérebro funcionar. Entregue a todos os membros da equipa um bloco de Notas Post-it® Super Sticky e deixe-os expandir as suas ideias à vontade. Esta fase tem tudo a ver com geração de ideias, por isso encoraje os membros da equipa a escreverem uma ideia por nota, colocá-la na parede para que outros a possam ver e reafirmá-la, e passe rapidamente para a ideia seguinte. O objetivo é apontar para a quantidade, por isso, certifique-se de que leva consigo uma grande quantidade de blocos para todos. Depois de gerar ideias suficientes, discuta aquelas que a equipa considera prioritárias e agrupe-as.

Fazer protótipos

Em vez de selecionar uma ideia para executar, pegue nas melhores ideias da equipa e crie protótipos. O erro deve ser previsto e incentivado; trata-se de encontrar a solução que funciona melhor, o mais rápido e mais barato possível. Utilize Bloco de Notas Grandes Post-it® Super Sticky para acompanhar a evolução em cada protótipo, adicionar notas e discutir novas ideias a partir daquelas já existentes.

Testar

Assim que tiver um protótipo que lhe agrade, não passe logo à produção; um pouco de feedback de utilizador nesta fase pode evitar um produto que os utilizadores rejeitem posteriormente. Reúna alguns utilizadores e tenha um bloco para cavalete Post-it® à mão para recolher feedback durante uma sessão de teste moderada.

À medida que integra o Design Thinking na sua empresa, lembre-se de que cada uma destas fases pode ser desenvolvida em paralelo ou retomada várias vezes enquanto avança; por exemplo, o que aprender na fase de teste pode interferir melhor a sua definição do problema, o que conduz a uma nova discussão para explorar soluções que não tinha considerado inicialmente.